Diário de viagem: Miami

128

O diário de viagem de hoje é sobre a semana que passamos em Miami, que fica a 326.65 km de Orlando, ou seja, dá facilmente para ir de carro como fizemos. Essa cidade é muito visitada por brasileiros e é o destino principal de quem quer fazer compras, pois é repleta de shoppings e outlets com produtos bem mais baratos que no Brasil. Na minha opinião, os preços lá não são muito diferente dos de Orlando, onde eu comprei bem mais coisa. Eu também acho que Orlando é uma cidade mais bonita, com mais aspecto de “sonho”, sabe? Miami é uma cidade maior e por isso os cuidados devem ser maiores também. 

125

127

145

131

Continue lendo “Diário de viagem: Miami”

Diário de viagem: Universal

99

No diário de viagem de hoje, vou falar pela última vez sobre minha estadia em Orlando, já que as próxims postagens serão sobre Miami e o cruzeiro. Os parques desse post são os dois da Universal, chamados Island of Adventure e Universal Studios. É necessário separar um dia para cada um, pois ambos são parques temáticos grandes, cheios de atrações incríveis! Optei por juntá-los em um só post porque infelizmente não tenho muitas fotos do Island of Adventure.

Para entrar nos parques, temos que passar pelo City Walk, uma rua repleta de lojas e restaurantes incríveis, como o Hard Rock Cafe – o maior do mundo! – e o NBA City. Nas fotos tem a visão diurna e noturna do lugar, e detalhes da decoração do Hard Rock.

103 101 102 100 123122

Continue lendo “Diário de viagem: Universal”

Diário de viagem: Busch Gardens

87

O post do diário de viagem de hoje é sobre o parque mais radical que visitamos, o Busch Gardens, que leva esse título por possuir uma porção de montanhas-russas. Ele fica em Tampa, uma cidade próxima de Orlando, a aproximadamente duas horas de carro (dá pra ir e voltar no mesmo dia). Como já disse aqui, esse parque e o Sea World são da mesma companhia e são parques voltados ao mundo animal. Com o tema África, ele conta brinquedos inspirados no continente e  incluí também um zoológico bem legal.

O Busch Gardens traz atrações com animais e shows, mas nós não visitamos muito essa parte. Como bons amantes de adrenalina, procuramos não focar muito nessas áreas e partir pras montanhas russas, que são muitas! Nós fomos na Cheetah Hunt, a mais recente de todas (em 2011, na primeira vez que fui, ela ainda estava em construção), que simula a corrida de um guepardo e vai de zero a 100 km/h em 1.220 metros de percurso!; a Kumba, com várias quedas e loopings; a Gwazi, feita toda em madeira e indo a uma velocidade de 160 km/h (não recomendo essa pra quem não curte sacudir muito); a Montu, uma das montanhas-russas mais altas e longas do mundo e que conta com sete loopings em seu percurso; a Scorpion, com uma queda de 18 metros; e o Congo River Rapids, um rafting bem legal no meio das correntezas (leve capa de chuva se você não quer se molhar porque eu saí de lá encharcada!). Recomendo também a Sheikra, na minha opinião a montanha-russa mais legal do parque, mas que dessa vez estava fechada :( Em três minutos, ela leva seus passageiros a MUITA adrenalina com duas quedas de 90º e vários loopings em um carrinho sem piso! Pra quem gosta de brinquedos radicais, esse é definitivamente o parque mais indicado.

Infelizmente não tiramos muitas fotos lá, mas separei as melhores pra postar aqui:

90

89

88

86

96

94

92

95

93

91

É isso! Espero que tenham gostado do post e até a próxima :) Xx

Diário de viagem: Sea World e Downtown Disney

64

Pela primeira vez aqui no diário de viagem, vou falar sobre um parque que não é da Disney. Ele e o Busch Gardens (vou falar dele mais pra frente) fazem parte da mesma companhia e são parques mais voltados ao mundo animal. Como o próprio nome sugere, o Sea World é um parque relacionado ao mar e aos animais marinhos. É um parque decorado com estilo de praia e nele há aquários, shows com baleias e golfinhos e muito mais.

63

O Sea World conta com shows, atrações emocionantes e contato com os animais. Os espetáculos que eu assisti foram o Shamu: One Ocean, o mais LINDO conhecido e esperado, em que podemos ver orcas de verdade praticando vários truques; e o Blue Horizons, uma apresentação com golfinhos, passáros e acrobatas. Já as montanhas-russas mais legais são a Kraken, tematizada com histórias de piratas antigas,  e a Manta, que simula o movimento de uma arraia, ou seja, você vai com a barriga pra baixo a uma velocidade de 90 km/h (ao lado dela tem um aquário bem bonito também)! Para chegar pertinho dos animais, eu fui no Dolphin Nursery, em que você pode passar a mão nos golfinhos (SE eles chegarem perto, o que não aconteceu no meu caso), e no Stingray Lagoon, aonde pude sentir a textura aveludada de uma arraia.

Continue lendo “Diário de viagem: Sea World e Downtown Disney”

Diário de viagem: Epcot

42

O post de hoje do diário de viagem é sobre o parque mais “adulto” da Disney, o Epcot – digo adulto porque não é cheio de brinquedos radicais ou “fofurinhas”. Esse parque é conhecido pela bola da foto acima, que simboliza o mundo, e suas atrações estão todas ligadas a questões globais e culturais.

O mais incrível do Epcot são as réplicas de alguns países – México, Inglaterra, Itália, Alemanha, França, Canadá, Japão e muitos outros – que tem por lá. Neles, é possível conhecer um pouco de cada cultura, visitando a cópia dos principais monumentos, experimentando comidas típicas e conhecendo pessoas do país em questão, pois os funcionários são todos nativos.

Os brinquedos que a visita é imprescindível são o Soarin’, um simulador de asa delta sobre a Califórnia muito real (é possível até sentir o cheiro do lugar por onde passamos!); o Test Track, um passeio em alta velocidade que simula o teste de um carro; o Mission Space, que finge um voo espacial (nesse você pode escolher ir com emoção ou sem emoção. Adivinha qual eu escolhi?!); o The Seas With Nemo & Friends para, como o próprio nome diz, mergulhar no mundo do nosso peixe-palhaço preferido; e o Spaceship Earth, em que são mostradas várias etapas da evolução da comunicação e aonde você pode planejar seu próprio fututo.

Continue lendo “Diário de viagem: Epcot”