Então é natal. E o que você fez?

Processed with VSCOcam with x1 preset

Talvez esse seja mais um daqueles que ninguém vai ver. Mas, se por acaso você estiver lendo, foi porque eu tive coragem de mostrar para alguém. Aliás, esse texto é sobre isso: coragem.

Em plena metade de dezembro e com as redes sociais lotadas de retrospectivas, fica difícil não olhar para trás e ver o trajeto que percorremos durante o ano. Para mim, esse foi um ano de mudanças. Saí da escola e coloquei um pezinho no mundo dos adultos. Não foi fácil no começo, mas acho que me dei bem. Mudei de casa. Pintei o cabelo. Criei um blog e mantive (com algumas pausas, é claro). Fiz alguns amigos e mantive outros. Alguns foram deixados para trás, mas assim é crescer, certo? Largar as certezas de antes para descobrir novas.

Falando nisso, acho que esse ano essa palavra significou um pouco mais. Crescer. Experimentei novos sentimentos e senti saudades de outros. É engraçado porque sei que se ler esse texto daqui uns anos, tenho certeza que vou pensar “pff, como eu era boba”, assim como penso isso quando lembro dos anos anteriores. Mas essa é a parte engraçada de crescer. Citando uma blogueira querida, “você aumenta de tamanho e ganha mais espaço aí dentro”. Não devemos deixá-lo vazio.

Em 2013, tive dúvidas e certezas. Vi gente que eu gostava fazendo coisas que eu não gostava. Vi gente que eu não gostava fazendo coisas que eu gostava. Vi eu mesma fazendo coisas que eu não gostava e prometi que iria mudar. Vi o que é ser um jornalista e descobri que talvez esse seja o meu destino. Minha chance de mudar o mundo. Descobri na pele o que é ser uma estudante de jornalismo, quem sabe nos próximos anos eu não descubra o que é ser uma jornalista de verdade?

Ainda que esse ano eu tenha descoberto mais de mim mesma, acho que não foi suficiente. O clima nostálgico de fim de ano nos faz querer traçar metas para o próximo. Um conselho para você aí do futuro: que tal se arriscar um pouco mais? Dizem que a vida começa fora da sua zona de conforto. Não deixe chegar o próximo ano com o sentimento de tarefa inacabada. Trabalhe mais. Divirta-se mais. Ouça mais. Permita-se mais. Ame mais (com todo o clichê que essa frase traz). E preocupe-se menos. Lembrando do começo do texto, tenha mais coragem.

PS: Em 2014, escreva mais também. Você sente falta.

Anúncios

12 comentários sobre “Então é natal. E o que você fez?

  1. Maria Abadia Ribero disse:

    Minha pequena, estou muito orgulhosa de vc. Seu texto me fez chorar. É lindo, profundo e adulto. Vc com esta carinha de bebe está se mostrando uma guerreira. Sempre soube o quanto vc é inteligente, mas vc me surpreende cada vez mais. Parabens . Continue crescendo, mesmo.!

  2. Vanessa Medeiros disse:

    você me fez chorar ! Ano que vem vou sair da escola e estou com um medo muito grande ! Não medo de crescer (talvez um pouquinho), mas estou com medo de ficar perdida do tipo “o que vou fazer agora da minha vida? Que carreira eu escolho seguir?” Esse ano foi muito bom, eu aproveitei muito só o final e descobrir muitas coisas e aprendi demais nessa segunda metade de 2013 e foi isso que fez o ano valer a pena !Quero me entregar e me chocar de cabeça para as coisas boas que vai acontecer ano que vem, sem medo! Espero conseguir mudar para melhor como eu tenho feito no passar dos dias.
    Beijos e continue escrevendo rs.

    • Samantha disse:

      Chorar? :O KKKK Passei por isso de sair da escola ano passado e vou te dar uma dica, aproveita muuuuuito porque você vai sentir saudades. É normal ter medo e se sentir perdida. Pesquisa bastante os cursos pra não fazer a escolha errada, mas se você fizer, não se desespera porque você tem a vida toda pela frente! Aproveita muito seu último ano, viu? Faz valer a pena! Beijo e pode deixar que eu vou sim, hehehe <3

  3. Tatiane Lucindo disse:

    Mas, meu deus! Faz tempo (tempo mesmo!!) que não leio um texto que fale tanto comigo assim. Por mais que as experiências sejam completamente diferentes, me vi bastante nesse texto. Esse ano enfrentei algumas dificuldades e tive que crescer, assim, na marra mesmo. Não tive uma opção, fui obrigada e fim. E isso me mostrou o quanto eu estava sendo ingênua sobre a vida, e que tem muito mais lá fora do que eu sabia no meu mundinho aqui dentro. Eu falhei muitas vezes, mas acho que isso me deu a oportunidade de aprender para os próximos anos. Enfrentei meus medos e acabei descobrindo outros – acho que esse ciclo nunca acaba, sempre vou ter algo a temer e mais coisas ainda para enfrentar. Também criei um blog, e descobri nele uma nova paixão. Espero que leve essa paixão por bastante tempo, me faz muito bem. Conheci pessoas, me magoei com outras e estou feliz e satisfeita com esse ano. Ganhei minha câmera que sonhei por anos e fiquei muito feliz por ter, mais uma vez, certeza de que quero ser fotógrafa. Trabalhei com isso com uma profissional e também fiz alguns trabalhos sozinhas – o que me fez crescer demais, eu não fazia ideia de como era esse mundo de contato com um cliente, de responsabilidade, de falar com pessoas sobre meu trabalho. Sempre fui tímida demais e esse ano tive que vencer bastante isso. Mas foi bom, foi muito bom crescer. É sempre ótimo, na verdade. Estou orgulhosa de mim esse ano. Não foi como os outros, foi bem melhor.

    • Samantha disse:

      Poxa, você não imagina como esse comentário me deixou feliz! É bom saber que, mesmo longe e com experiências diferentes, tem mais alguém passando por isso. Pra mim isso é o mais legal de ter um blog. Também sempre fui tímida e esse ano tive que passar alguns dos meus limites. Saí do meu mundinho também. Fico muito feliz pelas suas conquistas, já falei que suas fotos são incríveis! Estou torcendo pra que você tenha muito sucesso nessa profissão :) Beijo e muito obrigada por comentar <3

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s